Estresse - 22 dicas para se aliviar a tensão



01 - TRABALHE NA SUA ATITUDE

 A mensagem desses dois homens: mudar a maneira de pensar, ver a incumbência difícil como uma oportunidade de melhora da própria habilidade, pois transformando-a podemos virar a mesa: uma vida de estresse e transtornos passa a ser uma vida de desafios e excitação.

A escolha é sua: Trabalhe na sua atitude.

 

                                      

02 - PENSAR NOUTRA COISA 

 Faz sentido para você? Que pensamento o ajudaria a romper com os seus pensamentos estressantes?

 

03 - PENSAR POSITIVAMENTE

“Pensar sobre um êxito ou conquista anterior: medida excelente quando nos sentimos incertos ou inseguros em momentos difíceis”. “Você já conseguiu vencer antes, e não há motivo para não conseguir agora.

O estresse pode vir de situações diferentes. A perda de um ente querido, de um trabalho que te dava uma vida confortável, da saúde, ou da liberdade de ir e vir, como a que estamos enfrentando hoje.

Se você se concentrar no que perdeu ou gostaria que fosse a sua vida, perderá a oportunidade de aprender com a nova situação que está enfrentando. Terá momentos de desanimo e medo. Mas, batalhe continuamente para pensar de modo positivo.

Pense em tudo que já conseguiu realizar na vida. Seja grato. Você já venceu antes, conseguirá vencer novamente.

 

04 - FÉRIAS MENTAIS

“Tirar férias dos pensamentos que o assolam, é uma excelente forma de dominar o estresse”, diz o professor Ronald Nathan, de Albany. “Procure imaginar-se estirado na tépida areia de uma praia distante, sentindo a brisa do mar, ao longe vagarosos barcos deslizando sobre as ondas. É espantoso como uma imagem desse tipo faz relaxar”.

O que pensa é uma escolha que apenas você pode fazer.

1-   Quando pensamentos negativos começarem a tomar conta de você, pense nos muitos motivos que tem para ser feliz.

2-   Se concentre em algo construtivo.

3-   Cuide de sua atitude como cuidaria de uma horta linda em seu quintal. Arranque as pragas do pessimismo e do pensamento negativo. Plante sementes de otimismo e torne sua vida produtiva com ações que resultam em emoções positivas.

4-   Se você ficar com doente ou desejar emagrecer, certamente irá evitar certos alimentos; faça o mesmo com os pensamentos negativos.

Se aprender a tirar férias mentais produzirá muito em sentido emocional e tornará sua vida mais significativa. Com certeza a sua atitude fará diferença.


05 – PRATIQUE A MEDICINA VERDE

O trabalho da terra (horticultura ou jardinagem) é com razão chamado de “medicina verde”. Veja algumas razões:

- Constitui um hobby ou entretenimento útil que proporciona prazer. Pesquisadores encontraram evidências de que a “jardinagem faz bem à saúde, reduzindo os níveis de estresse, abaixando a pressão sanguínea e até contribuindo para uma vida mais longa”, relata o jornal londrino The Independent.

- Você praticará ao ar livre, com uma grande variedade de movimentos. Imagine chegar em casa após um dia corrido e estressante e distrair-se cuidando de seu jardim. E de acordo com Search, “atividades tais como cavar, afofar a terra e limpar o jardim são exercícios bons e constantes que queimam mais calorias do que andar de bicicleta”.

- É um aprendizado de paciência e perseverança, pois depende das leis da natureza.

- É benéfica sobre sua mente e emoções ao contemplar o grande ciclo da vida: semeadura, crescimento, a floração, o aparecimento dos frutos e a colheita.

Existe uma infinidade de benefícios da jardinagem, algo que me ajuda especialmente é colher as flores, as ervas e o alimento que plantamos. São coisas simples da vida, que dão muito prazer.

Se você tem um jardim ou uma horta, conta para nós como é sua experiência e os benefícios que usufrui.

 

06 – USE AFIRMAÇÕES

“Você deveria ter uma lista de afirmações prontas para repetir sempre que se sentir estressada. Mas nada que seja complicado. Repita para si mesmo: ‘posso superar essa situação”, ou ‘sei mais sobre isso do que qualquer pessoa aqui´. Essas afirmações irá afastá-la do reflexo animal do estresse, a respiração acelerada, as mãos frias e conduzi-la para a reação sensata, racional, do intelecto, a sua parte que de fato é capaz de superar o problema.

E como resultado terá tranquilidade, a paz de espírito.

 

07 – CONTAR ATÉ DEZ

Se você se recusar a reagir ao estresse pode dissipá-lo imediatamente. Relaxe por alguns segundos antes de reagir a interrupções de sua rotina. Fará uma enorme diferença na sua percepção do estresse.

Por exemplo, quando o telefone tocar, respire fundo. Quando soltar o ar, imagine-se tão frouxa e desengonçada quanto uma velha boneca de trapos.

Essa pausa lhe proporcionará uma sensação de controle. O Dr. Nathan (Albany Medical College, NY) assinala: “Estar no controle da situação é menos estressante. Crie o hábito do relaxamento rápido, antes de responder ao telefone. Pode torna-se um tranquilizante instantâneo”.

Espantoso! Contar até dez funciona. Não só ao atender telefone.

 

08 – OLHAR AO LONGE

Se você olhar ao longe pela janela uma vista distante durante um momento, longe dos problemas que está gerando o estresse, seus olhos relaxam, e a tendência é você relaxar também.

“Tire uma panela do fogo e ela deixa de ferver.”

Não permita que o estresse em demasia interfira na sua saúde. Use a massagem a seu favor!

 

09 - LEVANTE-SE E SAIA

 Deixar o cenário que está gerando o estresse vai te ajudar a relaxar.


Imagine duas pessoas com fortes personalidades e não se dando bem. Se insistem em seus conceitos e estão em contato íntimo vão ‘pisar no calo uma da outra’. Caso surja uma contenda, é bom lembrar que uma não pode culpar a outra, pois se um não quer, dois não brigam.

Uma pequenina brecha numa represa pode eventualmente levar a uma terrível inundação. Assim, quando se dá vazão à ira e a irritação, podem tornar-se um diluvio de palavras e ações iradas, resultando em dano e prejuízo. Antes que isso aconteça mude de assunto, ou melhor ainda, para impedir um choque prejudicial e aumentar o estresse, ‘levante e saia’. Use a massagem a seu favor. Mande o estresse para longe e fique bem!


10 – RESPIRE FUNDO VÁRIAS VEZES

Um truque muito antigo e útil para derrotar a ansiedade e o nervosismo é a respiração abdominal.

A ideia é ser calmo e agir com calma. Quando você se estressa, o pulso acelera e você começa a respirar depressa. Obrigue-se a respirar lentamente e convencerá seu corpo de que o estresse se foi, tenha ou não desaparecido.

A forma correta de respirar? Com o abdome sentindo o estomago expandir ao inspirar, e retrair ao expirar.  

Pratique as Dicas para aliviar a tensão e acrescente as massagens em sua vida!

 

11 – PRESSIONE AS TÊMPORAS

Essa aplicação da Acupressão, sistema oriental que utiliza pontos de pressão para aliviar a dor e para tratar um sem número de males, funciona indiretamente.

A massagem dos nervos nas têmporas faz relaxar os músculos em todos os lugares, sobretudo no pescoço.

 

12 – ALONGAMENTO

 Essencialmente, tudo o que sentimos tem uma manifestação física. Muitos reagem ao estresse através da tensão muscular.

A forma ideal seria eliminar a causa do estresse, mas o alongamento muscular pelo menos reduz a tensão, os músculos relaxam, e nos sentimos menos tensos.

Já que muitas vezes não podemos atuar sobre a fonte de estresse, isso é muito importante.

   

13 – MASSAGEIE MÚSCULOS-ALVO

 Geralmente temos determinados músculos específicos em resposta ao estresse.

Uma espécie de círculo vicioso: o estresse produz adrenalina, que gera tensão muscular, que produz mais adrenalina, e assim por diante.

 Uma boa maneira de romper o círculo vicioso é descobrir quais os músculos-alvo, os que ficam tensos sob pressão, em geral os da nuca e da região superior das costas; massageie-os durante algum tempo sempre que se sentir tenso.

 

14 – DEIXE CAIR O QUEIXO.

E movimente-o de um lado para o outro.

As pessoas sob tensão costumam cerrar os dentes, ao deixar cair o queixo e movimentá-lo consegue-se relaxar esses músculos e reduzir a sensação de tensão.


15 – ALONGUE A MUSCULATURA TORÁCICA PARA RESPIRAR MELHOR

E movimente-o de um lado para o outro.

As pessoas sob tensão costumam cerrar os dentes, ao deixar cair o queixo e movimentá-lo consegue-se relaxar esses músculos e reduzir a sensação de tensão.

16 – RELAXE COMPLETAMENTE

Parece mais fácil falar do que fazer? Não se você souber como. Uma técnica simples chamada relaxamento progressivo pode promover reduções imediatas na sensação de estresse, pela redução da tensão física.

Comece em cima ou embaixo, contraia um grupo de músculos do corpo de cada vez, mantenha a tensão por alguns segundos e relaxe.

Trabalhe todas as partes mais importantes do corpo, pés, pernas, tórax, braços, cabeça e pescoço, e desfrute da sensação de liberação proporcionada.



 17 – BANHO DE ÁGUA QUENTE

A água quente combate ao estresse, diz o Dr. Frederick (Diretor do Instituto Internacional de Medicina Esportiva em Los Angeles, Califórnia.   

Quando tensos e ansiosos, reduzimos o fluxo de sangue para as extremidades. A água quente restaura a circulação, convencendo o corpo de que está em segurança e pode relaxar.

A água fria é contraindicada, pela reação oposta. Simula a reação ao estresse, tirando o sangue das extremidades. Resultado: a tensão aumenta.

No escritório, uma alternativa é derramar água quente nas mãos, até sentir a tensão começar a dissipar-se.

 

18 – MOVIMENTOS

 A ginástica regular gera energia capaz de ajudar qualquer pessoa a combater o estresse.

Até mesmo algo casual como uma caminhada ao redor do quarteirão pode ajudar a eliminar uma parcela da tensão de um encontro de negócios complicado ou de uma discussão familiar.

 “O exercício é o que instintivamente o corpo quer fazer durante o estresse: correr ou lutar, diz o Dr. Emmett Miller, da Califórnia, especializado em estresse. “E funciona. Em primeiro lugar, queima parte das substâncias químicas que a tensão produz. Em segundo lugar, um músculo cansado é um músculo relaxado”.

  

19 – MÚSICA

 A música é também um excelente antídoto contra o estresse. Você pode usá-la de duas maneiras diferentes, para o relaxamento ou para inspiração.

 Ela tem a capacidade de proporcionar saúde e bem-estar, diz o livro Principles and Practice of Stress Management (Princípios e Prática do Controle do Estresse).

 Ouça música que relaxa e que pode melhorar a sua disposição de ânimo.

 

 20 – COMA COMIDA DE VERDADE

 “Fazei do alimento vosso remédio. (Hipócrates)

A maneira como nos alimentamos fará uma enorme diferença em nosso corpo. O alimento fará parte dos osso, sangue, dos tecidos, enfim, todo nosso metabolismo bioquímico.

Mas porque é tão vital em se tratando de estresse? A alimentação tem ação direta sobre o nosso humor, temperamento, impulsos e pensamentos.

É por isso que devemos nos preocupar com os alimentos que ingerimos diariamente: eles determinam a qualidade de nossa vida.

É crescente o interesse hoje em alimentação equilibrada, saudável, mas muita gente ainda se sente um tanto confusa em relação ao assunto: quais os alimentos que devem fazer parte dessa dieta? 

Comece do básico, simples. Coma comida de verdade. Como sua avó comia? Não era comida processada. Fazia em casa e muitas tinham a sua própria horta. Lembra-se do cheirinho delicioso dos pães?

 

21 – SAIBA O QUE ESTRESSA VOCÊ

Fique calma. Os sentimentos negativos afetam a capacidade de raciocínio.

Quando se estressar, analise seus pensamentos, sentimentos e comportamento. Anote num papel e fique atenta às suas reações. Pense em como eliminar ou reduzir os fatores estressantes. Talvez seja organizar melhor suas tarefas.

Mude o foco. O que te estressa pode não estressar os outros. Mudar o ponto de vista pode fazer toda a diferença.


22 – DÊ UM TEMPO A SI MESMA

Desligue-se do ritmo frenético da vida urbana para recarregar as baterias.

Dedique um tempo para repensar sua vida física e emocional, e tente estabelecer medidas para corrigir a situação que te levou ao estresse.

A Reflexologia Podal e Palmar, tem um incrível efeito relaxante, que permite você dominar a ansiedade.



Referências:

Guia Médico Remédios Caseiros e Tratamentos Caseiros

Medicina Natural, Dr. Márcio Bontempo

Despertai 01/2020


Comentários

Postagens mais visitadas